Outros Negócios

Visite também

Busca Avançada

Técnico

Saúde

OPERAÇÕES BÁSICAS DE LABORATÓRIO DE MANIPULAÇÃO - BOAS PRÁTICAS

Formatos Disponíveis Código do Produto Preço sugerido  
LIVRO IMPRESSO
144 páginas
ISBN: 9788536512136 R$ 62,00 Comprar
LIVRO DIGITAL
ISBN: 9788536515939 R$ 53,60 ebook

Esta obra visa apresentar a sistemática de organização de materiais e da estrutura física de laboratórios de manipulação, os equipamentos e seu funcionamento. Orienta sobre a verificação da qualidade das matérias-primas utilizadas nas formulações de produtos farmacêuticos e dermocosméticos. Aborda as características da estrutura física de um laboratório e os aspectos relacionados à biossegurança. Versa sobre técnicas gerais de limpeza, assepsia e descontaminação do local, de materiais e de equipamentos. Explica as unidades de medidas e os cálculos empregados no dia a dia dos laboratórios de manipulação. Traz informações sobre controle de temperatura e umidade. Discorre sobre serviços e técnicas auxiliares na elaboração, rotulagem e armazenamento/conservação de insumos, medicamentos e cosméticos. Mostra os utensílios e as vidrarias utilizados nos laboratórios de manipulação.
O conteúdo pode ser aplicado para os cursos técnicos em Farmácia, Química, entre outros.
Possui material de apoio ao professor em www.editorasaraiva.com.br para download.

CRISTIANNE HECHT MENDES DE CARVALHO

É graduada em Farmácia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, com habilitação em Farmácia Industrial pela UFRJ. Especialista em Manipulação Magistral Alopática pela Associação Nacional de Farmacêuticos Magistrais – Anfarmag (Temma).
Pós-graduada em Manipulação Magistral Alopática pelo Instituto Racine. Atua há 27 anos na área de
Farmácia Magistral, realizando atividades gerenciais, produção de medicamentos, desenvolvimento
farmacotécnico e marketing farmacêutico.

DENISE DE ABREU GARÓFALO

É graduada em Farmácia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com licenciatura em Educação Física Desportiva pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ). Especialista em Manipulação Magistral Alopática pela Associação Nacional de Farmacêuticos Magistrais – Anfarmag (Temma). Pós-graduada em Manipulação Magistral Alopática pelo Instituto Racine. Pós-graduada em Manipulação Farmacêutica pela UFRJ. Atua há 23 anos na área de Farmácia Magistral, realizando atividades gerenciais, de controle e garantia da qualidade, produção de medicamentos
e de desenvolvimento farmacotécnico. Tem atuação também na área de Farmácia Hospitalar.
Atualmente ocupa o cargo de Farmacêutica no Programa Farmácia Universitária da Faculdade de
Farmácia da UFRJ.

Capítulo 1 - Aspectos Gerais da Organização de um Laboratório de Manipulação em Farmácia
1.1 Legislação
1.2 Organização física
1.3 Materiais
1.3.1 Equipamentos
1.3.2 Utensílios
1.3.3 Vidraria
1.3.4 Mobiliário
1.4 Matérias-primas e embalagens
Agora é com você!

Capítulo 2 - Estrutura Física de um Laboratório de Manipulação
2.1 Áreas
2.1.1 Área ou sala para atividades administrativas
2.1.2 Área ou sala de armazenamento
2.1.3 Área ou sala de controle de qualidade
2.1.4 Sala ou local de pesagem de matérias-primas
2.1.5 Salas de manipulação
2.1.6 Sala de paramentação
2.1.7 Área ou local de lavagem de utensílios e materiais de embalagem
2.1.8 DML (depósito de material de limpeza)
2.1.9 Sanitários
2.2 Características gerais
2.3 Biossegurança
2.3.1 Avaliação de risco
2.3.2 EPI e EPC
2.3.3 Noções básicas de segurança
2.3.4 Símbolos
2.3.5 Mapa de risco
2.3.6 Resíduos
Agora é com você!

Capítulo 3 - Técnicas Gerais de Limpeza, Assepsia e Descontaminação do Local, de Materiais e Equipamentos
3.1 Características gerais e definições
3.1.1 Considerações sobre a RDC no 67/2007
3.2 Produtos desinfetantes
3.3 Limpeza, assepsia e descontaminação dos ambientes
3.3.1 Procedimentos
3.4 Limpeza, assepsia e descontaminação dos materiais e equipamentos
3.4.1 Procedimentos
3.5 Controle de pragas
3.6 Lavagem de uniformes
Agora é com você!

Capítulo 4 - Especificação, Identificação, Funcionamento e Calibração de Equipamentos Utilizados na Farmácia de Manipulação
4.1 Características gerais
4.2 Balança de precisão
4.2.1 Especificação
4.2.2 Identificação e localização
4.2.3 Funcionamento
4.2.4 Calibração
4.3 Potenciômetro
4.3.1 Especificação
4.3.2 Identificação e localização
4.3.3 Funcionamento
4.3.4 Calibração
4.4 Condutivímetro
4.4.1 Especificação
4.4.2 Identificação e localização
4.4.3 Funcionamento
4.4.4 Calibração
4.5 Viscosímetro
4.5.1 Especificação
4.5.2 Identificação e localização
4.5.3 Funcionamento
4.5.4 Calibração
4.6 Aparelho de ponto de fusão
4.6.1 Especificação
4.6.2 Identificação e localização
4.6.3 Funcionamento
4.6.4 Calibração
4.7 Espectrofotômetro
4.7.1 Especificação
4.7.2 Identificação e localização
4.7.3 Funcionamento
4.7.4 Calibração
4.8 Purificador de água
4.8.1 Especificação
4.8.2 Funcionamento
Agora é com você!

Capítulo 5 - Unidades de Medidas e Cálculos Utilizados na Manipulação
5.1 Conceitos
5.1.1 Sistemas numéricos
5.1.2 Conversão de unidades
5.1.3 Doses e medidas aproximadas
5.1.4 Expressão de concentração
5.1.5 Definições
5.2 Cálculos
5.2.1 Porcentagem
5.2.2 Regra de três
5.2.3 Diluição
5.2.4 Equivalente-grama e miliequivalente
5.2.5 Unidades de medida
5.2.6 Fator de equivalência e fator de correção
5.2.7 Diluição geométrica
5.2.8 Isotonia
5.3 Abreviaturas usadas na farmacotécnica
Agora é com você!

Capítulo 6 - Recebimento, Entrada e Verificação da Qualidade das Matérias-Primas
6.1 Aquisição
6.2 Qualificação de fornecedores
6.3 Recebimento
6.3.1 Inspeção de recebimento
6.3.2 Recebimento de matéria-prima e material de embalagem
6.3.3 Entrada de matéria-prima e material de embalagem
6.3.4 Condições gerais
6.4 Verificação da qualidade
6.4.1 Análises no recebimento
6.4.2 Controle de qualidade dos processos farmacotécnicos
6.4.3 Garantia da qualidade
6.4.4 Análises externas
Agora é com você!

Capítulo 7 - Controle de Temperatura e Umidade
7.1 Considerações gerais
7.2 Controle de temperatura e umidade do ambiente
7.2.1 Termo-higrômetro
7.2.2 Desumidificador de ar
7.2.3 Termômetro para controle de temperatura dos refrigeradores
7.3 Controle de temperatura e umidade e estabilidade dos produtos manipulados
Agora é com você!

Capítulo 8 - Aspectos Técnicos de Armazenamento e Conservação das Matérias-Primas
8.1 Armazenamento e conservação
8.1.1 Condições gerais
8.1.2 Almoxarifado
8.1.3 Características das matérias-primas
8.2 Embalagens
8.3 Controle de estoque
8.3.1 Parâmetros de previsão de estoque
8.3.2 Inventário
Agora é com você!

Capítulo 9 - Técnicas de Elaboração, Rotulagem, Armazenamento e Conservação
9.1 Características gerais
9.2 Estabilidade de insumos, medicamentos e cosméticos
9.2.1 Tipos de estabilidade
9.2.2 Estabilidade de produtos magistrais
9.3 Embalagens
9.3.1 Tipos de materiais
9.4 Conservação de insumos, medicamentos e cosméticos
9.4.1 Prazo de validade
9.5 Rotulagem de insumos, medicamentos e cosméticos
9.6 Veículos e excipientes farmacêuticos
Agora é com você!

Capítulo 10 - Utensílios e Vidrarias
10.1 Características gerais
10.2 Vidrarias
10.3 Utensílios
10.4 Outros
Agora é com você!

Bibliografia

Apêndice A - POP de como Elaborar um Procedimento Padrão

Apêndice B - Modelo de Registro Diário da Temperatura dos Ambientes

Apêndice C - Modelo de Registro Diário da Umidade dos Ambientes

Apêndice D - Roteiro de Autoinspeção para Farmácias - RDC no 67/2007

PARA OS PROFESSORES CADASTRADOS
Respostas dos exercícios
Respostas dos exercícios
Plano de Curso
Plano de aula

www.editorasaraiva.com.br

© Saraiva S/A - Livreiros Editores

Voltar ao topo
Imprimir selecionados