Visite também

Busca Avançada

Universitário

Ciências Contábeis

CONTABILIDADE AVANCADA E INTERNACIONAL

Autores
ADERBAL NICOLAS MÜLLER
LUCIANO MÁRCIO SCHERER

3ª Edição (2013)

Formatos Disponíveis Código do Produto Preço sugerido  
LIVRO IMPRESSO
168 páginas
ISBN: 9788502162587 R$ 64,00 Comprar
LIVRO DIGITAL
ISBN: 9788502162600 R$ 42,90 ebook

Este livro trata dos princípios contábeis de contabilidade conhecidos no Brasil e das normas contábeis internacionais, preenchendo, assim, uma lacuna editorial, uma vez que ainda não existem obras brasileiras que as consolidem.
Nesse contexto, são abordadas as normas US-GAAPS, emitidas pelo FASB, também as emitidas pelo IASB, conhecidas como IAS, além das mais novas normas internacionais, que reúnem todo o entendimento mundial a respeito de convergência internacional de padrões contábeis, o IFRS. Outros temas, como a conversão das demonstrações financeiras em moeda estrangeira, também são apresentados.
O livro traz, ainda, exercícios que facilitam o aprendizado e a compreensão, contribuindo para o conhecimento e para a pesquisa sobre a interpretação das normas e sua aplicação.

Aplicação
Este livro pode ser utilizado nas disciplinas: Contabilidade Avançada, Contabilidade Internacional e Fundamentos de Contabilidade.

ADERBAL NICOLAS MÜLLER

É doutor pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), mestre em Ciências Sociais Aplicada, especialista em Administração/Finanças, graduado em Ciências Contábeis.

LUCIANO MÁRCIO SCHERER

É mestre e doutor em Controladoria e Contabilidade pela Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo (FEA-USP). Graduado em Ciências Contábeis.

Cap. 1 - Princípios de contabilidade no Brasl
1.1 Aspectos Introdutórios, 1
1.2 Princípios de Contabilidade no Brasil, 2
1.2.1 Princípio da Entidade, 2
1.2.2 Princípio da Continuidade, 3
1.2.3 Princípio da Oportunidade, 3
1.2.4 Princípio do Registro pelo Valor Original e da sua Atualização Monetária, 4
1.2.5 Princípio da Competência, 5
1.2.6 Princípio da Prudência, 6
1.3 Pressupostos básicos segundo a Deliberação CVM n. 539 2008, 6
Exercícios propostos, 7

Cap. 2 A discussão argentina acerca dos princípios contábeis
2.1 Para os Argentinos, a Contabilidade é Ciência ou Técnica?, 11
2.2 A Discussão Argentina: Princípios ou Normas Contábeis?, 14
2.3 Qualidades e Requisitos da Informação Contábil Argentina, 16
2.4 Comparação entre os Princípios Contábeis Aceitos no Brasil, na Argentina e os Pressupostos do Iasb, 18
Exercícios propostos,  22

Cap. 3  International Accounting Standards Board (IASB)
3.1 Histórico e Estrutura, 24
3.2 Objetivos do Iasb,  25
3.3 O Processo de Elaboração das Normas Contábeis Internacionais, 26
3.4 As Normas Internacionais de Contabilidade Propriamente Ditas, 30
3.4.1 A Relação das Normas, 30
3.4.2 Um Resumo do Conteúdo das Normas Internacionais, 33
3.5 As International Financial Reporting Standards (IFRS), 65
3.5.1 Aspectos Gerais, 65
3.5.2 IFRS 1  First-time Adoption of International Financial Reporting Standards (Primeira Adoção das Normas
Internacionais de Divulgação Financeira), 66
3.5.3 IFRS 2  Share-based Payment (Pagamentos com base em Ações), 67
3.5.4 IFRS 3  Business Combinations (Combinações de Negócios), 68
3.5.5 IFRS 4  Insurance Contracts (Contratos de Seguros),  69
3.5.6 IFRS 5  Non Current Assets Held for Sale and Discontinued Operations (Ativos Não Correntes Mantidos para Venda e Operações Descontinuadas), 70
3.5.7 IFRS 6  Exploration for and Evaluation of Mineral Resources (Exploração e Avaliação de Recursos Minerais), 71
3.5.8 IFRS 7  Financial Instruments: Disclosure (Instrumentos Financeiros: Evidenciação), 71
3.5.9 IFRS 8  Operating Segments (Segmentos Operacionais), 72
3.5.10 IFRS 9  Financial Instruments (Instrumentos Financeiros), 72
3.5.11 IFRS 10  Consolidated Financial Instruments (Demonstrações Financeiras Consolidadas), 73
3.5.12 IFRS 11  Joint Arrangements (Controle compartilhado  Acordos conjuntos - Entidades controladas em conjunto), 73
3.5.13 IFRS 12 Disclosure of Interests in Other Entities (Divulgação de participação em outras entidades), 74
3.5.14 IFRS 13  Fair Value Measurement (Mensuração do Valor Justo), . 74
3.6 Estrutura das Demonstrações Financeiras de Acordo com as Normas Internacionais de Contabilidade, 75
3.6.1 O Balanço Patrimonial (ou Demonstração da Posição Financeira), 75
3.6.2 A Demonstração do Resultado do Exercício, 81
3.6.3 A Demonstração dos Fluxos de Caixa, 84
3.6.4 A Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido, 85
Exercícios propostos, 86
Questões para estudo e reflexão, 89

Cap. 4  A normatização contábil nos Estados Unidos
4.1 Os Antecedentes Históricos, 91
4.2 Estrutura Normatizadora Atual da Contabilidade Norte Americana, 93
4.2.1 Financial Accounting Foundation (FAF), 93
4.2.2 Financial Accounting Standards Board (Fasb), 94
4.2.3 Financial Accounting Standards Advisory Council (Fasac), 94
4.3 Pronunciamentos Emitidos pelo Fasb, 95
4.4 Sumário dos SFAC, 95
4.5 Sumário dos SFAS, 96
4.6 Conversão de Demonstrações Financeiras em Moeda Estrangeira, 124
4.6.1 Efeitos das Taxas de Câmbio, 124
4.6.2 Contabilização de Operações Internacionais, 125
4.6.3 Disposições do SFAS 52, 126
4.6.4 Métodos de Conversão, 127
4.6.4.1 Método do câmbio de fechamento (all current method), 127
4.6.4.2 Método temporal (temporal method), 128
4.6.5 Exemplo de Conversão de Demonstrações Contábeis para Moeda Estrangeira, 128
Exercícios propostos, 147

Referências, 150>

PARA OS ALUNOS/LEITORES CADASTRADOS
Questões Extras
Capítulo 01
Capítulo 02
Capítulo 03
Capítulo 04
PARA OS PROFESSORES CADASTRADOS
Slides
Capítulo 01
Capítulo 02
Capítulo 03
Capítulo 04
Respostas dos exercícios
RESPOSTAS CAP 1
RESPOSTAS CAP 2
RESPOSTA CAP 2 QUESTÃO 2
RESPOSTA CAP 2 QUESTÃO 3
RESPOSTAS CAP 3
RESPOSTA CAP 4

Obras relacionadas

www.editorasaraiva.com.br

© Saraiva S/A - Livreiros Editores

Voltar ao topo
Imprimir selecionados