Visite também

Busca Avançada

Universitário

Administração

RECURSOS HUMANOS: PRINCÍPIOS E TENDÊNCIAS - PRINCÍPIOS E TENDÊNCIAS

Autor
FRANCISCO LACOMBE

2ª Edição (2011)

Formatos Disponíveis Código do Produto Preço sugerido  
LIVRO IMPRESSO
536 páginas
ISBN: 9788502135147 R$ 149,00 Comprar
LIVRO DIGITAL
ISBN: 9788502135161 R$ 134,10 ebook

Idealizado para ser uma introdução aos recursos humanos, este livro é útil não só para os estudantes de administração, mas para todos aqueles que ocupam ou pretendem ocupar a chefia de uma unidade organizacional, qualquer que seja sua profissão ou formação teórica, pois o administrador de pessoas é responsável, perante sua empresa, pela motivação, pela lealdade, pelo comprometimento e pelos resultados do seu pessoal. Os planos e atividades de recursos humanos devem estar sempre em perfeita sintonia com os planos estratégicos da organização, o que é salientado ao longo de toda a obra.
O presente estudo está dividido em três partes: a formação, a condução e o aperfeiçoamento de equipes, seguidas de considerações finais sobre as tendências atuais da administração de pessoas e de tópicos especiais.

FRANCISCO LACOMBE

Formado pela Escola Politécnica da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, na qual recebeu o Prêmio Metal Leve de 1960 de melhor aluno, é Master of Sciences pela University of Houston. Suas principais áreas de especialização são Fundamentos de Administração; Administração de Recursos Humanos; Estruturas Organizacionais; Diagnóstico e Planejamento Empresarial; Tendências Atuais da Administração; Gestão Contemporânea.Lecionou em diversas faculdades, como a Universidade Federal do Rio de Janeiro, a Escola Politécnica e a Escola Graduada de Ciências e Engenharia da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, a Fundação Getulio Vargas, a Universidade Santa Úrsula, na qual foi coordenador do curso de Administração de 1999 a 2000 e o Instituto de Tecnologia da Informação e da Comunicação em cursos de graduação e pós-graduação. Possui larga experiência como executivo, em empresas como a CAEMI (tanto na holding como nas subsidiárias Mauá, ICOMI, MBR, Aços Anhanguera, Swift-Armour e AMCEL), Editora de Guias LTB, Light, Companhia Brasileira de Montagens, Rheem Metalúrgica e Rio Light S. A. e como consultor nas áreas de diagnóstico empresarial, planejamento organizacional, planejamento estratégico, análise de investimentos e recursos humanos para diversas empresas.

Parte 1 Introdução.3
Capítulo 1 O Trabalho, os Recursos Humanos e as Organizações. 5
1.1 A Natureza do Trabalho 5
1.2 O Trabalho: e do Êxito Individual e das Civilizações 10
1.3 As Organizações.10
1.4 A Importância dos Recursos Humanos .18
1.5 Grupo e Equipe 23
1.6 O Administrador de Recursos Humanos 24
1.7 Tendências na Administração de Recursos Humanos.26
Termos Chave.27
Caso  O Grupo que Não Era Equipe.28
Exercícios.28
Bibliografia Básica.29
Bibliografia Suplementar.29
Parte 2 Formando a Equipe. 33
Capítulo 2 Planejamento dos Recursos Humanos 35
Introdução.35
2.1 Planejamento Estratégico da Empresa..36
2.1.1 Ponto de Partida para o Planejamento dos Recursos Humanos.36
2.1.2 Conceituação.37
2.1.3 O Diagnóstico da Empresa.39
2.1.4 O Planejamento Operacional 40
2.2 Planejamento dos Recursos Humanos.46
2.2.1 Consistência com o Planejamento Estratégico.46
2.2.2 As Avaliações dos Recursos Humanos.46
2.3 Plano Sucessório.73
2.4 Planejamento de Carreira.77
2.4.1 Em que Consiste.77
2.4.2 Promoções.78
2.4.3 Carreira em Y.79
Capítulo 3 Recrutamento, Seleção, Admissão e Desligamento. 81
3.1 Recrutamento.81
3.1.1 Atividade Permanente 81
3.1.2 Como Saber Quem Deve ser Recrutado.82
3.1.3 Recrutamento e Seleção: a Unidade Central.84
3.1.4 Prioridade para o Recrutamento Interno.85
3.1.5 Métodos de Recrutamento Externo.87
3.1.6 O Processo de Recrutamento.95
3.2 Seleção.97
3.2.1 Conceituação.97
3.2.2 O Processo de Seleção.98
3.2.3 Métodos de Seleção.105
3.2.4 Considerações sobre Casos Especiais.110
3.3 Admissão.113
3.3.1 Documentação e Registro.113
3.3.2 Integração.114
3.3.3 Período de Experiência.115
3.3.4 Fluxograma de Recrutamento, Seleção e Admissão.117
3.4 Desligamento.119
3.4.1 A Importância do Desligamento.119
3.4.2 Demissões de Bons Empregados.119
3.4.3 Comportamento dos Demitidos.121
3.4.4 Planos de Demissão Voluntária.122
3.4.5 Entrevista de Desligamento.122
3.4.6 Aposentadoria.126
3.5 Teatro experimental.127
Termos-Chave.137
Exercícios.138
Bibliografia Básica.144
Bibliografia Suplementar.144
Parte 3 Conduzindo a Equipe. 147
Capítulo 4 Conduzir para Obter Resultados e Motivação da Equipe. 149
4.1 A Prioridade é Obter Resultados em Longo Prazo.149
4.2 As Qualidades do Administrador.150
4.2.1 Habilidade Técnica.151
4.2.2 Habilidade Humana.151
4.2.3 Habilidade Conceitual.152
4.2.4 A Necessidade de cada Habilidade Conforme o Nível.152
4.3 As Políticas e os Procedimentos de Recursos Humanos 153
4.4 As Normas de Procedimentos de Recursos Humanos.155
4.5 A Motivação da Equipe.156
4.5.1 Estudos Pioneiros sobre o Comportamento Humano nas Empresas. 156
4.5.2 A Teoria das Necessidades de Maslow.158
4.5.3 Os Fatores de Motivação Segundo Herzberg.164
4.5.4 Os Estudos de Argyril 167
4.5.5 A Remuneração Motiva?.171
4.5.6 Como Motivar seu Pessoal?.172
Capítulo 5 Remuneração, Incentivos e Benefícios. 173
5.1 Remuneração do Fator Trabalho.173
5.1.1 Produtividade e Remuneração.173
5.1.2 Necessidade de Coerência Interna.173
5.1.3 A Coerência Externa com o Mercado.174
5.1.4 Características dos Sistemas de Remuneração.174
5.1.5 Custo dos Sistemas de Remuneração 175
5.2 Benefícios 176
5.2.1 Conceituação.176
5.2.2 Tipos de Benefícios 176
5.3 O Sistema de Remuneração Funcional.181
5.3.1 Cargo e Função.181
5.3.2 Descrição de Cargo.182
5.3.3 Avaliação do Cargo.184
5.3.4 Faixas Salariais 187
5.3.5 A Administração do Plano de Cargos e Salários.191
5..4 Novos Sistemas de Remuneração.192
5.4.1 Críticas ao Sistema de Remuneração Funcional.192
5.4.2 Remuneração pelos Resultados.193
5.4.3 Remuneração por Habilidade.197
5.4.4 Remuneração por Competência.198
5.4.5 Sistemas Mistos de Remuneração.198
5.5 A Administração dos Incentivos.199
5.6 O Custo da Mão de Obra e seu Peso nos Resultados.200
5.6.1 Impacto nos Resultados.200
5.6.2 Práticas das Empresas Bem-Sucedidas.201
5.6.3 Diferenças entre Custo de Remuneração e Custo de Mão de Obra.201
5.6.4 Mitos e Realidades do Custo de Remuneração.201
Capítulo 6 Estilos de Gestão. 205
6.1 A Escola de Administração Científica.205
6.2 Os Experimentos em Hawthorne.207
6.3 As Teorias X e Y de McGregor.208
6.4 A Teoria Z.211
6.4.1 O Trabalho em Grupo 212
6.4.2 As Organizações Japonesas e Norte-Americanas.212
6.5 Os Estudos de Likert Sobre os Estilos de Gestão.213
6.5.1 Tipos de Supervisão.213
6.5.2 Lealdade aos Colegas.214
6.5.3 O Pino de Ligação: a Gerência Intermediária.215
6.5.4 Liberdade de Comunicação e sua Percepção.218
6.5.5 Correlação entre Comunicação e Produção.221
6.5.6 Variáveis Causais, Intervenientes e Finais.221
6.5.7 Sistemas de Gestão Empresarial.224
6.6 A Grade Gerencial.225
6.6.1 A Concepção de Blake e Mouton.225
6.6.2 A Concepção de Reddin: a Teoria 3D.229
6.6.3 A Teoria da Curva da Maturidade 238
Capítulo 7 Liderança. 241
7.1 Conceituação de Liderança.241
7.1.1 A Teoria de Tolstoi.241
7.1.2 Teoria de Kouzes e Posner.242
7.1.3 A Importância do Líder.243
7.1.4 Tipos de Poder.243
7.2 O Que Faz o Líder.245
7.3 Algumas Frases sobre Liderança.248
7.4 Diferenças entre o Líder e o Administrador.249
7.5 As Características de um Líder.253
7.5.1 Confiança em Si.253
7.5.2 Crença no que Faz.253
7.5.3 Visão Clara de Onde Quer Chegar.254
7.5.4 Capacidade de Comunicação.254
7.5.5 Expectativas Elevadas e Reconhecimento do Mérito.255
7.5.6 Traços Comuns dos Líderes.255
7.5.7 Líderes Também Podem Errar.256
7.5.8 Opiniões sobre as Características que um Líder Deve Ter.257
7.6 Formas de Liderar.261
7.7 Liderança e Inteligência Emocional.262
7.8 Líderes Narcisistas .264
7.9 Liderança Situacional.265
7.10 Os Mitos sobre Liderança 266
7.11 Líderes Problemáticos.268
7.12 Formação de Lideranças.268
7.13 O Principal Executivo: O Líder da Empresa.269
7.13.1 O Papel do Principal Executivo.269
7.13.2 A Sucessão do Principal Executivo.272
Capítulo 8 O Ambiente Interno da Empresa e o Controle das Relações
com o Pessoas  275
8.1 A Cultura Organizacional.275
8.1.1 A Cultura Organizacional e a Condução da Equipe.275
8.1.2 Conceituação da Cultura Organizacional.275
8.1.3 Como é Usada a Cultura.277
8.1.4 Culturas de Ramos de Negócios e Subculturas da Organização.278
8.1.5 Formalização da Cultura.279
8.1.6 Ensinando a Cultura.280
8.1.7 Dificuldade da Mudança de Cultura.280
8.1.8 A Cultura Pode Ser Administrada.282
8.1.9 A Cultura Segundo a Idade das Empresas.282
8.1.10 Organização e Organismo.283
8.2 O Clima Organizacional.283
8.3 A Tipologia das Organizações Segundo Goffee e Jones.284
8.4 As Comunicações na Empresa .287
8.4.1 O Processo de Comunicação.287
8.4.2 A Importância da Comunicação para Administrar.28
8.4.3 Os Termos Técnicos de cada Profissão.290
8.4.4 Os Meios de Comunicação na Empresa.291
8.4.5 Comunicação, Administração e Trabalho a Distância.294
8.4.6 A Informática e a Comunicação Pessoal.294
8.4.7 Tipos de Comunicação numa Empresa.295
8.4.8 As Ordens dos Superiores.295
8.4.9 Prestação de Contas dos Subordinados.298
8.4.10 As Comunicações para a Coordenação de Atividades.299
8.4.11 A Coordenação Voluntária pela Comunicação  300
8.4.12 A Comunicação nos Grupos Informais.301
8.4.13 Comunicações das Empresas para os Funcionários.301
8.4.14 Canais para Ouvir o Pessoal da Empresa.302
8.4.15 Obtenção do Feedback dos Subordinados.303
8.4.16 Características da Boa Comunicação.304
8.4.17 Comunicações Eficientes e Redução na Filtragem.306
8.4.18 As Percepções de cada Pessoa.306
8.4.19 As Barreiras Psicológicas.307
8.5 A Segurança e a Salubridade na Empresa .307
8.5.1 Segurança.307
8.5.2 Salubridade.311
8.6 O Controle das Relações com o Pessoal.311
8.6.1 Registros e Pagamentos.311
8.6.2 Estatísticas do Pessoal.312
8.6.3 Disciplina.316
Capítulo 9 A Legislação Trabalhista e Previdenciária no Brasil. 319
9.1 Histórico.319
9.2 Princípios Constitucionais.320
9.3 A Justiça do Trabalho.323
9.4 O Contrato de Trabalho.324
9.4.1 Conceituação.324
9.4.2 Rescisão.325
9.4.3 Abandono de Emprego.326
9.4.4 Aposentadoria.327
9.4.5 Rescisão do Contrato por Acordo Mútuo entre as Partes.327
9.4.6 Estagiário.327
9.4.7 O Trabalho do Menor.327
9.4.8 Proteção ao Empregado.328
9.5 Jornada de Trabalho, Remuneração e Adicionais.328
9.5.1 Jornada de Trabalho.328
9.5.2 Remuneração.328
9.5.3 Adicionais e Encargos Sociais.329
9.5.4 Férias.331
9.6 As Relações com os Sindicatos.332
9.6.1 A Administração dos Sindicatos.332
9.6.2 A Organização Sindical Brasileira.333
9.6.3 A Influência dos Sindicatos.333
9.6.4 As Negociações com os Sindicatos.335
9.6.5 Convenções Coletivas e Acordos Coletivos.336
9.6.6 Greves.336
9.7 Previdência Social 339
9.7.1 Histórico.339
9.7.2 Dispositivos Constitucionais sobre a Previdência Social.341
9.7.3 A Previdência Oficial.345
9.7.4 A Previdência Complementar.346
Termos Chave.354
Exercícios.362
Bibliografia Básica.369
Bibliografia Suplementar.370
Parte 4 Aperfeiçoando a Equipe. 377
Capítulo 10 A Importância e os Tipos de Treinamento. 379
10.1 Conceituação.379
10.2 Por Que as Empresas Treinam?.380
10.3 Tipos de Treinamento.382
10.3.1 Tipos de Treinamento Quanto à Forma de Execução.382
10.3.2 Tipos de Treinamento Quanto ao Público Alvo.387
10.4 Riscos do Investimento em Treinamento.391
10.4.1 Saída das Pessoas Treinadas.391
10.4.2 Dificuldade de Calcular o Retorno.391
10.4.3 Medidas para Minimizar os Riscos.392
10.5 Responsabilidade pelo Desenvolvimento das Pessoas.393
10.5.1 A Quem Cabe.393
10.5.2 O Mercado de Trabalho Atual.394
10.5.3 A Importância da Formação Básica e da Experiência.395
10.5.4 Como se Colocar Diante do Mercado.397
10.6 Desenvolvimento Organizacional.401
Termos Chave.403
Exercícios.403
Bibliografia Básica.404
Bibliografia Suplementar.405
Parte 5 Tendências Atuais e Suas Repercussões em Recursos
Humanos. 407
Capítulo 11 Influências da Nova Administração nos Recursos Humanos. 409
11.1 Desburocratização, Reengenharia e Downsizing.409
11.2 As Consequências da Reengenharia e do Downsizing sobre o
Pessoal. 412
11.2.1 Número de Empregados .412
11.2.2 Qualificação do Pessoal.413
11.2.3 O Moral do Pessoal.413
11.3 As Repercussões da Qualidade Total sobre o Pessoal.414
11.3.1 Conceituação de Qualidade Total.414
11.3.2 A Participação de Todos.415
11.4 A Gestão do Conhecimento e seus Reflexos sobre o Pessoal.416
11.4.1 Conceituação.416
11.4.2 Administração dos Profissionais do Conhecimento.419
11.4.3 Organizações que Aprendem.422
11.5 A Globalização e os Recursos Humanos.423
11.5.1 Conceituação e Consequências.423
11.5.2 Os Recursos Humanos na Globalização.425
11.5.3 Offshoring.426
11.6 A Terceirização e Recursos Humanos 426
11.7 O Teletrabalho e as Pessoas na Empresa.427
11.8 Cenário Balanceado.429
11.8.1 Conceituação.429
11.8.2 Avaliação dos Capitais Intangíveis.430
11.9 Exigências Atuais na Administração dos Recursos Humanos.431
11.9.1 As Equipes Multidisciplinares e Autogerenciáveis.431
11.9.2 Criatividade e Inovação.433
11.9.3 O Aumento da Importância dos Recursos Humanos.433
11.9.4 Formação de Líderes.437
11.9.5 A Prioridade do Cliente 438
Capítulo 12 A Vantagem Competitiva por Meio dos Recursos Humanos 439
12.1 Em Que Consiste e como Conseguila 439
12.1.1 Em Que Consiste 439
12.1.2 Como Obter a Vantagem Competitiva 439
12.2 A Vantagem Competitiva por Meio das Pessoas 443
12.3 As Medidas para Obter a Vantagem Competitiva por Meio
das Pessoas  444
12.3.1 Proporcionar Segurança ao Pessoal no Emprego 445
12.3.2 Alta Seletividade na Admissão 447
12.3.3 Remuneração Elevada 447
12.3.4 Incentivos Financeiros e Não Financeiros 448
12.3.5 Participação Acionária ou nos Lucro 451
12.3.6 Partilhar Informações 451
12.3.7 Descentralização e Empowerment  452
12.3.8 Formação de Equipes e Reformulação dos Processos 452
12.3.9 Treinamento e Desenvolvimento de Habilidades 453
12.3.10 Rotação de Funções e Ampliação do Trabalho 454
12.3.11 Igualdade Simbólica 454
12.3.12 Diminuição da Importância da Remuneração 455
12.3.13 Prioridade para Promoções Interna 455
12.3.14 Perspectiva de Longo Prazo 455
12.3.15 Avaliação das Práticas Adotadas 456
12.3.16 Coerência com a Cultura Empresarial 456
12.3.17 Contratar a Recolocação 457
Capítulo 13 A Importância da Ética 459
13.1 A Crise Moral Contemporânea 459
13.1.1 Conceituação e Origens 459
13.1.2 A Quem Cabe Educao 461
13.2 A Importância da Ética 462
13.3 A Ética nas Empresas 464
13.3.1 Vantagens para as Empresas 464
13.4 Conflitos de Valores 468
13.5 O Custo da Legalidade 469
Capítulo 14 O Equilíbrio Pessoal: Desemprego, Stress e Trabalho  471
14.1 As Finalidades do Trabalho 471
14.2 A Desarticulação da Vida Familiar 473
14.3 As Inovações Tecnológicas e suas Consequências 474
14.3.1 As Inovações Tecnológicas e o Desemprego 474
14.3.2 Os Ergomaníacos e os Excluídos 475
14.3.3 O Desemprego e a Flexibilidade de Contratação 477
14.3.4 Tecnologia e Desemprego 478
14.3.5 Custo da Geração de Cada Emprego 479
14.4 A Competição entre a Família e o Trabalho pelo Uso do Tempo 480
14.5 A Insatisfação e o Stress dos Executivos 481
14.6 A Complexidade do Sucesso 482
14.7 A Felicidade e o Processo Civilizatório 483
Termos-Chave 485
Exercícios 490
Bibliografia Básica 492
Bibliografia Suplementar 493
Índice Onomástico 497
Índice Remissivo 503>

PARA OS ALUNOS/LEITORES CADASTRADOS
Suplementos
A burocracia vista por José Saramago e Saint Exupéry
A experiência através da leitura
A importância da linguagem
Atributos e habilidades desejadas
História dos vínculos entre trabalhadores e organizações
Notas sobre a escravidão no Brasil
Um pouco da história da globalização
União Européia
Glossário
Parte 1
Parte 2
Partte 3
Parte 4
Parte 5
PARA OS PROFESSORES CADASTRADOS
Slides
Parte 1
Parte 2
Parte 3
Parte 4
Parte 5
Respostas dos exercícios
Parte 1
Parte 2
Parte 3
Parte 4
Parte 5

Obras relacionadas

www.editorasaraiva.com.br

© Saraiva S/A - Livreiros Editores

Voltar ao topo
Imprimir selecionados